sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Procura

Procura

Noites de desejos esmagados no cinzeiro
A ausência e o cheiro esmiuçando a razão
Nesse barro onde meu corpo se dissolve
Não há policromia... Nua e crua solidão!

O silêncio percorrido a passos lentos... Tem
Tua exata dimensão, orvalho da tua mão
A trilha do teu abraço, boca dos teus beijos
E como pulsa no meu... O teu coração!

Enquanto o espírito te constrói em glórias
Saudade me veste na transparência da lágrima
Lembranças cachoaram-me nossa trajetória!

Já nem sei onde estou ou me acho! Se no
Barro da dúvida ou no peito da certeza! Sou
Queda e grito nesse desencontro de corpos...

Calado riacho! Onde meu coração busca tua
.................................... Correnteza!

By Iza
23/12/2008

3 comentários:

Beatriz Prestes disse...

"Noites de desejos esmagados no cinzeiro
A ausência e o cheiro esmiuçando a razão
Nesse barro onde meu corpo se dissolve
Não há policromia... Nua e crua solidão"

Sensacional minha querida!
Perfeito e na veia....como tudo o que você escreve!
Amo você, amo te ler!!!
Beijo com amor Iza linda!
Bea

jo ra tone disse...

Iza,
Obrigado por me visitar e comentar.
Esses teus retalhos de amor, são deveras muito importantes.Creio que todas essas peças se transformam numa linda manta colorida, que envolvem o teu lindo ser.
Continuação de Boas Festas,
Um Feliz Ano 2009
Beijinho

intelligence disse...

I think I come to the right place, because for a long time do not see such a good thing the!
jordan shoes