quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Meio Século...

Meio século...

D’uma gota de gente, um dia soprada no ventre
Da vida, entre crepúsculos sozinhos e suspiros
De auroras, domando seu barco no leme da fé
No tempo indeciso... Sem data e sem hora!

De lágrimas e hosanas, pandorgas de alegrias
Brincando na grama d’antigas paisagens
Chocalhos de risos fotografados na memória
Desta efêmera viagem! Dos olhos compridos...

Em gritas sem nome, sobre as vitrines da
Abundância (que só mesmo os olhos tocavam)
Mastigando a esperança d’um farto amanhã
Duelavam com o destino... Despertos sonhavam!

Alma em final de outono! Aprendiz contumaz!
As saudades que me trançam inverno nos cabelos
Em fitas de versos me ajoelham e as quedas só
Trazem em suas feridas, o saber humano! Não...

Importam as rugas dos anos! De gota, te faças
............................................ Oceano!

By Iza
19/08/2009


Meio século!!! Parece uma eternidade, se dito assim!!!
Mas... Cinquenta anos, nem parece tanto tempo,
passaram num piscar de olhos, tamanha nossa
pressa nesta vida!!!
Somos promessas de oceanos, porém só o
Amor pode esta imensidão... Que ele jorre fartura
em nossos corações e se faça vazante na vida dos irmãos!!!



Direitos Autorais Reservados

6 comentários:

Sandra Ribeiro disse...

Que blog maravilhoso! Parabéns pelo capricho!

REGGINA MOON disse...

Querida Iza!

Cada dia que passa te admiro mais e mais...o momento que reservo a vir aqui ler-te é muito especial em meu dia!
"Meio Século"...lindo!!!

Passando também, para te desejar um ótimo final de semana e agradecer sempre pelo seu carinho.Suas palavras são muito importantes para mim!

Beijos!!

Reggina Moon

(te add. no orkut...rs)

Lucia disse...

Oi,Iza querida

Amei teu texto "Meio Século..."
Parece que até ontem ainda éramos adolescentes e, agora, cá estamos nós vivendo a maturidade.
O tempo voa...às vezes entro em pânico; aliás estou vivendo uma crise existencial bem séria.
Espero sair logo dessa fase, é muito ruim.
Se não hovessem palavras de ânimo, vinda de pessoas como tu, não sei como suportaria tal momento.

Obrigada por existires na minha vida!

Um excelente final de semana

Retalhos de Amor disse...

Sandra,
Obrigada pelo carinho, viu!!!
Breve irei no teu cantinho,
minha Linda!!!

Querida Reggina,
Meus momentos passados contigos
também são demais especiais!!!
Obrigada pelo imenso carinho
sempre!!!
Olha, eu não tenho orkut, minha
Amiga... Acho que adicionou outra
Iza. Dê uma espiadinha lá e me
diga, tá bom!?!

Lucia, minha Querida,
Nesta idade, creio eu, quase todos
se questionam... Mas faz parte da
vida. Todos irão chegar a este
momento, um dia!!!

Beijos, Lindas Meninas...
No coração, Amigas!!!
Iza

O Profeta disse...

Não me queres dizer onde mora o teu sorriso
Ausente do incontido abraço
Ausente das palavras felizes
Envolto em nuvem escura no espaço

Não me queres dizer o rumo
Que leva ao teu terno coração
Não me queres abrir as portas
Da cor vibrante da paixão?



Bom fim de semana



Doce beijo

Renato Baptista disse...

Um encanto ler por aqui... por mais que te conheça sempre me surpreendo com seu talento.
Beijo*