segunda-feira, 16 de março de 2009

Cais do Meu Coração

Cais do Meu Coração

Rio que tudo leva nas redes de sua cheia
Braços longos, macios... Remando à foz
Dormindo em seu leito uma cantiga serena
Escuta minha saudade! Não vá assim tão veloz!

Sei o destino teu... De mar a(mar)
Lá onde meu horizonte nunca será
Cais do meu coração onde minh'alma vaga
Beijando os pés do sonho, de sede a soluçar!

Nas mãos do teu destino entrego minha certeza
Inda que em turba sejas... Precipitado caminho
Arrisque novos remos, converse com a correnteza!

E leve minha esperança ao peito que me contém
Que seja num fim de tarde de gaivotas ambarinas
Múrmuros doces, suaves! Zéfiros de querer bem...

Ajoelhe esta minha prece no altar do meu
........................................ Amém!

By Iza
06/03/2009


Direitos Autorais Reservados

3 comentários:

fractal disse...

Hello from Greece

MOCHIARO disse...

Cais do Meu Coração

Rio que tudo leva nas redes de sua cheia
A DEIXAR PEDRAS E OUTRAS LEVAREM...
Braços longos, macios... Remando à foz
DESDE O PRINCIPIO NASCENTE
Dormindo em seu leito uma cantiga serena
ONDE RESMUNGA UMA DOR
Escuta minha saudade! Não vá assim tão veloz!
DEIXE-ME NAVEGAR EM SEU BALANÇO

Sei o destino teu... De mar a(mar)
A FURAR O PORTENTOSO SEM DIZER ADEUS
Lá onde meu horizonte nunca será
VETOR EM ATRACAÇÃO NO...
Cais do meu coração onde minh´alma vaga
AO SOLTAR AS AMARRAS EM ARRASTE
Beijando os pés do sonho, de sede a soluçar!
FAZ MAROLAS AO PINGAR GOTAS SALGADAS

Nas mãos do teu destino entrego minha certeza
NAVEGANDO GUIANDO-ME PELAS ESTRELAS
Inda que em turba sejas... Precipitado caminho
EM AGUAS AGITADAS NA FORÇA DO VENTO
Arrisque novos remos, converse com a correnteza!
DEIXE-AS GUIAR POR SUA ESTEIRA

E leve minha esperança ao peito que me contém
NO INFINITO DE MEUS DESEJOS
Que seja num fim de tarde de gaivotas ambarinas
EM MERGULHOS AFOGANDO TRISTEZAS
Múrmuros doces, suaves! Zéfiros de querer bem...
EM SOPROS PERMISSÃO DE ZEUS

Ajoelhe esta minha prece no altar do meu
“PAI” E “GRANDE ARQUITÉTO DO UNIVERSO”
................................................ Amém!

Retalhos de Amor disse...

Fractal...
Obrigado por ler-me... Pelo estar
em minha Poesia!!!
Amigo Mochiaro...
Agradeço imensamente pelos versos
teus... Obrigado, Amigo!!!
Beijo no coração d'ocêis, viu!!!
Iza