quarta-feira, 4 de março de 2009

Dos Teus Hinos Vermelhos

Dos Teus Hinos Vermelhos

N'um sonho, a sós, seguia a alma minha
Sem margens ou tino, simplemente ia
Rendida ao crepúsculo, cingida à agonia
De um sol que desfalece, descolore... Definha!!!

Nos olhos dessa miragem desenha-se um sorriso
De quando existimos nós, numa única dimensão
No cultivo das horas fomos nossa amplidão
Escarlates canções... Celebrando paraísos!

Te fizeste um todo no alto dos meus anseios
Cerziste ao meu espírito tua rúbea roupagem
Auriflama da felicidade! Da saudade... Esteio!

Róscidos versos em meu seio aspergidos
Insano vinho em cálix de suplício
Neste sonho, a sós, bebia a alma minha...

Dos teus hinos vermelhos, a saliva dos
................................. Gemidos!

By Iza
01/03/2009


Direitos Autorais Reservados

7 comentários:

Poemas e Cotidiano disse...

Iza, minha querida!
Que coisa mais linda essa poesia! Essa foto! essa musica!
Tudo de lindo!
E essa frase marcou: "No cultivo das horas fomos nossa amplidão
Escarlates canções... Celebrando paraísos!"
Celebrar paraisos..que lindo minha amiga... que lindo!
Beijos carinhosos dessa que te tem no coracao
MARY

Beatriz Prestes disse...

Iza minha flor....

Acompanhar teu talento dando estes frutos deliciosos, é uma rotina encantada em minha vida.
Mais te leio, mais compreendo as raízes da tua alma que tanto admiro. E admiro cada dia mais e mais!!!
Você é adorável minha linda....e escreve de forma ESPETACULAR!
Te amo minha irmãzinha de alma
Bea

Regilene disse...

RETALHOS DE AMOR
De Regilene Rodrigues Neves

Por aqui minha ave voa
Uma viagem infinita...
A melodia entra na alma
E teus versos aninham-se no meu peito
Não tem jeito me emociono...

Sentindo-te cada estrofe se dilata
Escorre teus sentimentos
Que se misturam numa página lírica
Passo tuas folhas
Cheias de sentimentalidades

Quase ouço tua alma
Sobrevôo cada ode
Suspiro e outra vez suspiro
A emoção toca
Um misto de canção e sentimentos...

Recolho sonhos de algumas luas
Estrelas despem o imaginário
A poesia percorre todo o silêncio
Voa minha ave sobrevoa dentro de ti

Até que o meu pouso
Repouse em tuas alíneas
Cada estrofe me absorve
Jogo tua colcha sobre minha alma
E me aqueço em teus retalhos de amor!

Em 05 de março de 2009

DEDICO ESTA INSPIRAÇÃO
A ESSE ESPAÇO MÁGICO
DA MINHA JÁ QUERIDA AMIGA IZA KLIPEL
QUE CONQUISTEI POR ESSES CAMINHOS POÉTICOS
QUE TEM ME PROPORCIONADO A FELICIDADE
DE ENCONTRAR AMIGOS!

mochiaro disse...

Iza
Parabens pela linda poesia de uma profundidade tamanha que somente você consegue transmitir.
Fico as vezes impossibilitado de duetar tamanho conteúdo existente.
Um beijo em seu coração de menina
abraço
mochiaro
Obs: estou com saudade de ouvir sua voz ou teclar com vc no msn

Retalhos de Amor disse...

Minhas Amigas e meu Amigo Mochiaro...
Feliz demais em tê-los aqui, comigo
em Poesia!!!
Muito obrigada, viu!!! De coração!!!
Amigo Mochiaro... Não mais postei
Poemas com voz, mas o farei ainda, meu Amigo!!! E, quanto ao MSN, há
muito não vou lá... Fico aqui escrevendo, leio muito e comento os Amigos e Amigas, Poeta!!!
Uma vez mais... Obrigado, Amigos!!!
Beijo procêis...
No coração!!!
Iza

Aparecida Linhares disse...

Iza querida, como sempre é um prazer ler teus poemas.Acabo de vir do Planeta, lá naveguei em teus versos lindos, que compoem poesias sem igual!
Beijos,
Cida

genaura tormin disse...

Iza,
Eis-me excursionando pelos teus escritos.
E posso dizer emocionada:
Teu blog é um ancoradouro de paz. Não é apenas "RETALHOS DE AMOR".
É o AMOR inteiro, uma doação total!
Que bom chegar nesse manancial de paz, de enlevo, de poesia...
Parece que aportei no PARAÍSO!
Beijo, querida!