terça-feira, 1 de setembro de 2009

Por Um Teu Instante

Por Um Teu Instante

Vibro salmos em espasmos de violinos
Convenço luares, improviso pontes
Abismo oceanos... Rasgo o céu
Envelheço a tarde por um teu instante!

Na largura dos montes meus passos cansados
Jamais desmoronam! Avante! Avante!
Pertinazes sempre... Quebram horizontes
Pelas ruas do tempo buscando teu semblante!

E perco meus olhos na tua claridade
Abolindo poeiras dos meus pensamentos
Meus versos diluindo em harpas de saudades...

Teu nome proclamam em trovões de clarins
Ballet de nuvens, bouquet de estrelas
Bosque citaredo d'epitalâmios querubins!

Infinitos te componho, cérula vestimenta do meu

................................................. Sonho!

By Iza
14/03


Direitos Autorais Reservados

11 comentários:

O CANTO DE MARIA disse...

Que beleza de poema!!!
quanta inspiração, amiga!!!
amei.
beijos

Miguel Eduardo Gonçalves disse...

Iza, aproveito aqui também para elogiar a tua fala violeta. Voo de estrelas que deixam rastros de luz cada palavra, cada verso teu exala
concentrado. E todas elas, as estrelas, se encantam, diante de tênue personalidade. Lá, onde a lua brilha clara, o céu então se acende!
Bjs., Miguel-

Ontem me deste um selinho, mas não consegui desgrudá-lo daqui, apesar do pano quente que pus sobre ele. Bem, entendi que tenho que grudá-lo na Central da Poesia, e dizer que recebi de ti, é isso?

Maísa disse...

Iza,
teus versos são encantados
grudamos o olhar
sem vontade de piscar.
Belos belos!
beijos poéticos

Judite (Dite) disse...

Uau!
Fenomenal este Instante. Se todos os instantes fossem um pouquinho deste que aqui descreve, seriam certamente um alimento para todas as almas.
Quero igualmente agradecer o selinho que me dedicou e fico muito feliz por gostar do meu cantinho. Já o coloquei na minha página com o agradecimento.
Um beijo grande para alguém especial,
Judite

CIBELE CAMARGO disse...

Olá,querida!
Meu blog está participando do concurso TOP30
BRASIL,o selo para votação está no início do
meu blog. Pode me dar uma força e votar ?
Muito obrigada, de coração
Beijos,
Cibele

Maria L. Bózoli disse...

Na largura dos montes meus passos cansados
Jamais desmoronam! Avante! Avante!


Fico encantada com seus versos.
Parabéns! Beijos sempre!

maria nelly disse...

Passando´para deixar meu abraço,
com muito carinho.
Amiga como faço para colocar o selo no blog?
bjs

POESIA CÁ E LÁ disse...

Iza, amiga poeta,
Tão bom encerrar a seman apasseando pelo teu espaço..me encantando, me emocionando, me despindo da correria da semana e me sentindo só poesia.
Muito obrigada por isso, viu??

te amo
Beijos ternruentos

Clau Assi

Genaura Tormin disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Genaura Tormin disse...

Iza,
minha querida amiga!

E como me honra
poder dizer isso!
Vc tem lugar cativo
no meu coração.
Chegar aqui,
é como transportor
as portas do Paraíso.

É lavar a alma,
abastecê-la de paz,
de harmonia,
de ensinamentos
e de alegria.

Diante do seu poema,
cheio de poesia,
quedo-me extasiada
e abro as minhas cancelas
para me amparar
na aura de ternura
do seu espírito poeta,
amigo e benfazejo.

Beijo grande da
Genaura Tormin

Beatriz Prestes disse...

Iza minha querida........

Você tem uma das linguagens poéticas mais lindas que já vi!
Você extrapola em talento!!!!
Não raramente fico impressionada e encantada com o quanto você consegue se superar nas maravilhas que escreve!
Aplausos minha flor!
Te amo e admiro
Bea