quarta-feira, 9 de setembro de 2009

No Balanço das Horas

No Balanço das Horas

Deixo-me na memória dos enganos
A estampa do agora não celebra vitórias
Tantos planos! Sonhos erguidos! No afobo
Espancados... ora lágrimas, no pódio da história!

Despetalei, sem valia, a flor da idade
Suores calejados em ladeiras de pouca serventia
Preto e branco os olhos da minha mocidade
Rascunho silenciado nas gavetas do dia-a-dia!

Pétalas! Tantas esperdicei pelas sendas
D'outrora! Venci horizontes... Para que!?
Se minh'alma submissa mordaça!? Se o rascunho
Deveras, desconhece auroras!? Rédeas não...

Quebrei, no cabresto da obediência sepulta
De jugo em jugo, meu coração, terra ignorada
Inculta... Vontades amarrotadas no ser! Se
Passada a limpo, do tudo que sou e tenho...

Contra todas as tempestades, minha maior ventura
.................................................... Você!

By Iza
07/09/2009


Direitos Autorais Reservados

17 comentários:

Poesia do Bem disse...

Mais um lindo demais amiga! aiaia ai, ando assim meio apaixonada! melhor dizendo: Nunca deixei de o ser, então faço destas tuas lindas palavras as minhas. bjs e visite-me

Rosana disse...

Olá querida, voltei e de novo me emocionei com tão lindas palavras, reabri meu blog e em comemoração tem selinho, se puder, traga-o com vc, beijos em seu coração!

Rosana

POESIA CÁ E LÁ disse...

Iza, maravilhosa poeta!!
Que passeio é esse que você faz em nossas almas??
Que leitura interna teus versos nos fazem!!!
Tua poesia é ímpar!!
É maravilhosa!! É vida cheia de sentimentos.

beijos ternurentos
beijos de fã
Beijos de amiga

Clau Assi

NexCool disse...

Olá

belas palavras
muito belas msm

até
beijos

Rosana disse...

valeu pela visita.... fiquei feliz, beijos no seu coração!

Rosana

Judite (Dite) disse...

Este balanço nas horas, fazem com que os minutos parem no tempo, quando lemos os teus textos.
Mais uma vez, está de parabéns pela riqueza das palavras.
Um beijo,
Judite

Beatriz Prestes disse...

Que lindo minha querida Iza....esta tamanha ventura em teu coração!
Não há tempestade que suplante esta tua capacidade de amar sempre, e poetar de forma brilhante e apaixonante esta tua capacidade de tanto amor!
Te amo linda!
Beijo cheio de carinho
Bea

Miguel Eduardo Gonçalves disse...

Hoje não te vi, então vim te ver a esta hora, e em tua casa. Que bom para mim, além da poesia fabulosa, um ambiente cheio do charme contagiante da poetisa IZA, fazem a diferença, como vejo acontecer!
Bjs., Miguel-

Maria L. Bózoli disse...

Amiga Iza!

Suas postagens estão maravilhosas, simplesmente!Texto lindooooooo.

Bom Fds querida..........Beijos!

O Profeta disse...

Troquei as voltas a um Golfinho feliz
Afagei a cria de uma Baleia azul
Confundi uma nuvem com ilha encantada
Perdi-me na rota entre o Norte e o Sul

Aprisionei o olhar de uma gaivota
Enchi a alma com penas de imensa leveza
Enchi o coração de doce maresia
Adormeci nos braços da incerteza

Vem viajar comigo no meu barco de papel


Bom domingo

Doce beijo

Sandra Ribeiro disse...

Foi escrito com o coração, nos transporta, impossível não me emocionar...Parabéns pela sensibilidade...

Anônimo disse...

Iza, minha amiga tão querida! Uma
beleza o seu Retalhos de Amor, no qual passeei cheio de admiração pelas belezas que encontrei.
Começamdo com este "No Balanço das Horas" que emociona e faz bem aos
que amam.
Você é uma doçura, como pessôa e
como poeta.Tenho muito orgulha pela nossa amizade tão grande e tão
bonita!
Beijo no seu coração.
Do papi
Théo Drummond

daufen bach. disse...

(...)Contra todas as tempestades, minha maior ventura.................................................... Você!

um poema tão doce só poderia terminar assim e só você é capaz de terminá-lo assim.
Parabéns POeti(IZA).

beijo no teu coração.

daufen bach.

Veronica de Nazareth-Noic@ disse...

IzAmadíssimAmiga...

"Contra todas as tempestades, minha maior ventura
.................................................... Você!" Eis a mais bela e completa "Declaração do Direito de SER/VIVER Mulher" em alma e sentimentos todos e intensos. Belíssimo, minha amiga-irmã que admiro e amo demais! Bjs

Maria L. Bózoli disse...

Super lindo este texto!
Isto aki nada é mais que um jardim de lindas rosas, difícil escolhe-las.

Parabéns...Parabéns!

ONG ALERTA disse...

A vida é feita de momentos, de sonhos e de esperança, de pessoas que nos tragam algo de bom para continuar como palavras lindas...

mjtauil@gmail.com disse...

Amiga, se já consegui deixar algum recado no mural, esqueci como se faz. ((sou burrinha mesmo nestas coisas)) Li, reli, cada soneto, sim embora fuja do modelo soneto, esse é o modelo Iza Klipel, é criação tua!Eles te caracterizam; com vocabulário erudito, profundo lirismo, alma tão linda sempre exposta, como se cada texto fosse um espelho.
Estou levando o banner e o endereço
para o meu site. Como estou na idade do esquecimento, não sei se o fiz antes. Parabéns por esse cantinho todo amor...todo Iza !