sábado, 25 de julho de 2009

Algemas da Saudade

Algemas da Saudade

Estranhos caminhos! Traiçoeiros, vagos
Estes que vezes, sem querer, me largo
Louca ventania... Minh’alma treme
Cingindo desespero aos sonhos que trago!

Cega-me as esquinas d’antes luarentas
Noites de invernia... Sinistras algemas
Denigrem o horizonte magoando o azul
Me acorrentando as asas dos Poemas!

Lança afiada da razão... Sangria desatada
Me fere o percurso dos teus passos, estrema
Minha estrada, lançando-me no olho da...

Negra tempestade! E rugem! Rugem trovões em
Convulsões no mar... Rodamoinhos céleres de
Saudades, rebelam-se as estrelas n’um silêncio...

Escuro! E cala-se de luto o céu, soluça comovido seu
...................................................... Pesar!

By Iza
24/07/2009


Direitos Autorais Reservados

9 comentários:

CIBELE CAMARGO disse...

Olá,querida!
Lindo,lindo esse poema.
"Escuro! E cala-se de luto o céu, soluça comovido seu
....................................................... Pesar!"

Sucesso sempre.
Beijos,
Cibele

Genaura Tormin disse...

Mais uma vez, quedo-me ante à sua poética!
A leveza, a ternura, o enredo, envolvem-me inteira.
Uma oportunidade para um passeio ao paraíso, para mais um aprendizado...
Quanta beleza existe em vc!
É por isso que o poema sai por aí impregnando a todos, construindo felicidade, fazendo a vida valer a pena!
Ler a sua poesia é estar diante de Deus, pode acreditar!
Em todos os temas fica à mostra esse seu coração translúcido e belo!
Beijo grandão da
Genaura Tormin

Angela Guedes disse...

Oi Iza!!!
Passei aqui para te desejar uma maravilhosa semana e dizer que tem selinho no meu blog para você.
Beijinhos
Ângela

Anônimo disse...

Sua poesia faz-me reverenciar sempre!!
Puxa, amada, como amo ler o que você escreve. Sempre tão cheio de alma!!

beijso ternurentos. te amo

Clau Assi

Lu Cavichioli disse...

Querida Iza tem selinho pra ti no Escritos na Memória.

super beijo

MARIA NELLY disse...

Obrigada, querida.
Seu blog está lindo !
suas poesias são belíssimas!!!!

beijos

REGGINA MOON disse...

Iza,

Fico mesmo sem palavras ao me deparar com seus Poemas...belíssimos!!

Um grande beijo e tenha uma linda noite!!

Todas as manhãs, quando abro
a janela do meu quarto, é como se
abrisse o mesmo livro
numa página nova.

(Mario Quintana)

Beijos,

Reggina Moon

lynari disse...

Em frenesi de saudades
este teu poema encanta
exalta a tristeza
sedenta extraindo d
as estrelas o luto
e o pesar do céu chora
a alma triste...
Menina!!!voce é porreta;
em cada verso emana mil
sugestões e me faz sonhar
mesmo meio triste Tu o faz
com Maestria querida,
TE AMO SEMPRE e por favor
nunca deixe de nos dar
esta dádiva de Ler seus poemas....
AMEI!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
OBRIGADA.
Carinhosamente
Beijos MIl
Ly

lynari disse...

Em frenesi de saudades
este teu poema encanta
exalta a tristeza
sedenta extraindo d
as estrelas o luto
e o pesar do céu chora
a alma triste...
Menina!!!voce é porreta;
em cada verso emana mil
sugestões e me faz sonhar
mesmo meio triste Tu o faz
com Maestria querida,
TE AMO SEMPRE e por favor
nunca deixe de nos dar
esta dádiva de Ler seus poemas....
AMEI!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
OBRIGADA.
Carinhosamente
Beijos MIl
Ly