quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Nossa Obra Prima

Nossa Obra Prima

Abri o pórtico d'um Poema que tem a tua
Fisionomia... Parei à beira dos olhos, adros dos
Teus mistérios, onde o silêncio escorre palavras
Transparentes fios... Fecundam um rio!

Que corre sob a cútis dos meus versos
Onde teu corpo descansa o céu
Há pouco destampado em nosso peito
Quando sinos declamaram o apogeu!

Tumulto de mãos cotovelando pressa
Sem cancelas... Desbragada ventania
Qual desterrado que à pátria regressa!

Indômitas ancas num galope de rimas
Plectro em perfeita simetria
Escrevendo nossa obra prima...

No papel da pele letrando o suor da
................................. Poesia!

By Iza
11/01/2009

Um comentário:

sticker disse...

I will pass on your article introduced to my other friends, because really good!
wholesale jewelry