domingo, 28 de junho de 2009

Meu Canto Cativo

Meu Canto Cativo

Tuas vagas erguem-me às alturas
Gigante mar! Teu colo oceano, oscilante
e febril, quanto almejo navegar... Nas
Águas do teu Amor, meus espasmos de luar!

Tudo me veste de ti! Tudo! Os tons da
Natureza entoam tuas asas... De vôos
Plumejado voa purpural rosal e quantas
Andorinhas riem os telhados das casas!

Nuvens da tua saudade chovendo ladainhas
Numa garoa fininha parece o céu vem dizer
Estações e estribilhos das tuas rimas nas minhas!

Sei-te a luz e o pranto... Emoção que meu
Canto cativa! O hálito da tua prece, do
Sorriso o âmago, vieses do teu manto!

Não posso ser a palavra, mas sei-te a
................................... Saliva!

By Iza
15/06/2009


Direitos Autorais Reservados

6 comentários:

Whesley Fagliari dos Santos disse...

Querida Iza,

Lindo o Teu Canto Cativo... Muito me emocionou... Parabéns por tamanha sensibilidade e delicadeza em tudo o que publica aqui pra nós...

Saiba que te prezo muito!

Luz e paz!

Com carinho,
Whesley

REGGINA MOON disse...

Iza,

Sua presença é sempre uma grande alegria...linda postagem!!

Te desejo uma ótima noite e uma maravilhosa semana!!
Com muita Poesia!!(rs)

Beijos,

Reggina Moon

Mariz disse...

Salvé Isa

Que belo poema...não será antes uma elegia?!
Tocante; sensível; concreto; elegante; puro;
quase num estado de Graça...

Deixo o meu olhar cativo, com um sorriso e o meu carinho

Sempre...
Mariz

SAULO PRADO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
SAULO PRADO disse...

Que toda as palavras tenha o poder da tua, ropendo a marizia, e trazendo a alegria...

Sempre bom estar aqui!!!

Luiza De Marillac disse...

OLÁ QUERIDA SEMPRE IZA...

POEMA REPLETO DE MAGIA, COM UM TÉRMINO ESTONTEANTEMENTE LINDO, COMO SOB VOSSAS MÃOS, SEMPRE... BEIJOS E SAUDADES, DA LUIZA