quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Amor Antigo - Maria José Zanini Tauil


O que dizer da minha Linda Amiga Jô!?
Um encontro bendito, numa rua da Poesia, neste turbulento
universo virtual! Foi assim que a conheci e, desde então,
passamos a caminhar juntas, abraçadas em versos e também na
vida!
Jô é Mulher de Fibra, de uma Fé Inquebrantável e por onde passa
sempre deixa seu Rastro de Amor! Assim é essa minha Irmã-Amiga
sem Fronteiras, que aprendi a amar no dedilhar dos dias!
Mestra da Poesia, que nos agraciou com um Poema Inédito seu!
Obrigada, Amiga!

AMOR ANTIGO

A noite era nossa
De braços dados
Caminhos encantados
Amarrados um no outro
Nossos corações...

Tínhamos o amor
Colecionávamos ilusões
As alvoradas nos encontravam
Envoltos em emoções
Fogo queimando em braseiro
Corpos ardendo inteiros

Tempos depois
Tão frios e distantes
Dois vulcões apagados...
Mas um vento sudoeste
Põe em alvoroço as cinzas
Eis o amor extinto, renascido

Traz novo vigor, nova vida
E nossas almas tão sedentas
Se abrem docemente
Para sensações jamais vividas
Almas até então desfalecidas
Que se entrelaçam mais unidas

Amor antigo, jamais esquecido
Poderia estar apenas adormecido
Mas resplandesce ao sol
É o amor da juventude
Que o tempo tentou apagar
Mas não conseguiu...

Maria José Zanini Tauil


Direitos Autorais Reservados

7 comentários:

Patrícia Lara disse...

Oi Iza!

Eu também adoro o seu cantinho, me traz muita paz e muita inspiração, sempre que venho te visitar.

Obrigada pelo carinho de sempre!

O seu blog é precioso!

Beijinhos e um ótimo final de semana pra você!

Patrícia Lara

Beatriz Prestes disse...

Iza querida!!!

Teu carinho, tua amizade enternecem o coração!!
Mais que linda homenagem...presente maravilhoso para a nossa sempre amada mestra e amiga Jô!
Meu beijo carinhoso às duas amigas lindas que são vocês!!
Bea

Emanuel Azevedo disse...

Deliciosamente belo este poema. Os meus parabéns! Um forte abraço dos Açores.

Athos de Alexandria disse...

Fui ler e comentar sua maravilhosa poesia "Inverno de ti", e ao comentá-la, abaixo vi o endereço do teu blog, que eu não conhecia. Li, e vou ler ainda todo ele pois há muita coisa linda e bonita nele contida...
Abração carinhoso poeta...
Athos...

Poemas e Cotidiano disse...

Que coisa mais linda minha amiga!
A Maria Jose eh uma potencia para escrever, com essa sensibilidade a flor da pele!
Maravilhoso!
Beijos carinhosos as duas
MARY

Eu disse...

Ôpa
Essa aqui tb é showzaço. Poeta de primeiríssima.
Parabéns Iza. Estas cercada de pessoas que coloco a mão no fogo.
Beijos
Uma hora destas aí eu me revelo.

Regilene disse...

Em andanças por tua alma
Encontro teus retalhos
Cerzidos de amor
Sentimentos cheios de pedaços teus
Uma vida de lembranças e saudades
Tempos inesquecíveis
Num bordado colorido de nuanças
Cortes delicados
Cheio de doçuras
Emendados no teu coração
De renda fina
Quase a seda de uma pétala de rosa
A sensibilidade frágil
Escorre do teu frasco derrama
Molhando a colcha de emoção...

Tudo por aqui está perfeito!

Bjinho,

Regilene