sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Maior Que Eu

Maior Que Eu...

Há um quê interrogativo no ar
Deste teu olhar ausente... Nuance
Sem precedentes, na cor do espinho
Chaga que vivo... Sangra o que sente!

Tantos dias... Pelo silêncio engolidos
Nó na garganta da felicidade! Difícil
Digerir tuas migalhas, esmolar uma gota
Se tempestade a saudade! Fecho os...

Olhos, não
quero sentir... Tu'alma dobrando a
Esquina da minha vida, acenando-me nunca mais
Maior que eu esta ferida! Não! Porque deveria...

Esta ópera do desatino!? S
e o nosso céu, meu Menino
É canção imortal, fado do destino... Muito além do
Bem e do mal!?! Resta-me permanecer, pois...

O Amor não reside no estar, mora no ser, inda que
............................................ Clandestino!

By Iza
29/09/2009


Direitos Autorais Reservados

10 comentários:

Malu disse...

Simplesmente maravilhosooooooo

O Amor não reside no estar, mora no ser, inda que
......... Clandestino!


Coisa mais linda não há......Beijusss!

Sonia Schmorantz disse...

Há sempre um amor nas esquinas de nossas vidas...depois restam os poemas, lindos poemas!
beijo, ótimo final de semana

Wanderley Elian Lima disse...

Realmente o amor mora no ser, e o ser que amar plenamente é feliz mesmo que por instantes.
Beijos

♥ ♥ Eu disse...

Simplesmente lindo...

bjos e ótimo fds!

REGGINA MOON disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
REGGINA MOON disse...

Iza,

O que poderia dizer de tão belo Poema??É impressionante a forma como escreve, tudo ligado, perfeito, leve e forte!

Tenho uma admiração muito grande por voce e por seu talento...fico encantada!

Ótimo final de semana!!

Beijos!!

Reggina Moon

Miguel Eduardo Gonçalves disse...

Visita de final de semana costuma ser demorada... Bem que ficaria por aqui até o entardecer! Não somente por esta poesia que acabo de ler, mas por todas as outras também. Vida e alma delas fazem parte, como raras virtudes a cumprir o curso da natureza, que inegavelmente afirmam-se estado de puro pensamento!
Beijos de respeito e admiração,
Miguel-

Miriam * disse...

o AMOR nao reside no ESTAR, mora no SER !! lindissima frase..

beijinho e bom fim de semana

Miriam**

O Profeta disse...

O amor procura o aconchego
Duas almas suspiram em entrega total
Explode a paixão, enlouquece o querer
O amar às vezes é pecado mortal...

...Às vezes uma intensa alucinação
Em que viajas pelo meu eu
Às vezes o mundo fica em espera
Da união do mar com o céu


Doce beijo

O mar me encanta completamente... disse...

Boa noite Iza,
Conheci seu Blog no Blog do Valter Poeta.
Amei o seu cantinho...
Fico feliz demais ao ver sua obra literária... Que coisa linda.
A Blogsfera só tem a ganhar com sua presença
e escritos dignos do grande poeta que vc é, de fato.
Aproveitei e me alimentei de uma farta porção de sua inspiração...
Hoje vim te ler, e compartilhar com você um presente:
Sou a poetisa da semana no Blog do VALTER POETA e
é claro, gostaria que lesse, e caso queira, opine.
É sempre pra mim um prazer e uma honra saber sua concepção,
sua opinião, seu parecer.

Te espero...

http://valterpoeta.blogspot.com


Beijinhos...

Glória