sexta-feira, 8 de maio de 2009

Pai

P A I

Pai! Este é o teu nome! Não te sei Alcides
Nunca assim te evoquei em meu gritos! Nome
Estranho aos meus ais... Tú és Pai! Papai! Painho!
De olhos azuis e gestos infinitos!

Lembro imenso, sabe!? Da tua alegria quando
Rolávamos gargalhadas no céu da minha infância
Deus! Como o tempo passa! Como dói
Esse nada, mãos atadas à desesperança!

Ando... Como quem perdeu o leme! Sentir-te
Ausente do mundo, saber-te ocaso! Pai!
Se o sorriso me ensinou, porque ele chora agora!?

Meu Pai! Pai nesta terra! Chão onde me plantaste
Orgulho do meu coração! Trabalhador como
Poucos! Meu sei e sou foi no teu peito colhido...

Deus! Porque não posso despedir o
.............................. Adeus!?

T E * A M O, P A I ! ! !

Porque a vida tem seu tempo e o tempo
não explica, nem conjuga sentimentos...
Quisera poder ao Amor prender-te
........................... Tempo!!!

Iza
08/05/2009

10 comentários:

Rosana disse...

A minha linda, como seria bom podermos nos despedir do Adeus que vez por outra insiste em nos pegar não é mesmo, que Deus conforte sempre o seu coração, beijos!

Veronica de Nazareth-Noic@ disse...

Iza, ManAmigAmada...

...esse amor-lembrança fortemente marcado e companheiro constante, aqui e nesta bela poesia Teu Pai, é fonte inesgotável, onde "bebes ainda e será sempre" todo o néctar do que foi e ficou. Belíssimos versos e homenagem-saudade, querida.Realmente é difícil "despedir o tempo" e viver apenas amor-lembrança, como aliás deve(ria) ser...como entendo...
Te amo, amiga. Bjs

Miguel Eduardo Gonçalves disse...

Invisível como o vento
O sentimento estremece
Já o calor da lembrança

Ternuras familiares
Que o cercam porque
Jamais passarão sem ele

SEU PAI

Patrícia Lara disse...

Iza...

Vim te dar o meu abraço e te dizer que sei bem essa dor que está sentindo... não há palavras para explicá-la, não é mesmo? E não há o que vc possa ouvir dos outros que minimize, que preencha um pouquinho desse vazio que fica e dessa dor que dilacera o coração.

Perdi meu pai quando eu tinha apenas 18 anos e, hoje, com quase 31, percebo o quanto convivemos pouco e o quanto seria maravilhoso tê-lo ainda por perto.

Mas, Deus sabe de todas as coisas, não é mesmo? Resta para nós aceitá-las e chorar a nossa dor. A dor da saudade!

Mas, sabe... não há dor mais nobre do que esta. Pq se vc chora por saudades de alguém, é pq certamente este alguém significou muito em sua vida e isso é tudo. Não é?

O que fica de nós todos, aqui na Terra, é justamente isso, o amor que deixamos nas pessoas, o carinho, o respeito, a admiração, a amizade... e isso, tenho certeza, pelo que li no seu lindo poema de despedida, vcs tiveram muito!

O meu abraço apertado, minha querida, e que Deus te dê forças nesse momento, para suportar essa dor.

Patrícia Lara

POESIA CÁ E LÁ disse...

Nos emociona profundamente ver amor mais lindo, mais suave.
Muito bom poder estar perto da tua poesia, de você.
Meu beijo mais solidário.

Clau Assi

AMÁLIA LOPES POEMAS disse...

Minha amada IZA, coração entregue à dor e na bondade de ti mesmo, clamas bem alto essa dor que já tive e arrasta-me sempre lá para o fundo da saudade, mas amiga, estamos cá e a vida continua, o sol que nos aquece e o luar que nos brinda com a luz divina.
São palavras, eu sei, mas o que fazer? se somos pele com pele da familia, a familia deveria ser eterna.
Amiga amada, poeta de letras de luz e sabedoria, escreve,fala, lamenta, bebe as tuas lágrimas, mas nunca te deixes seguir pela escuridão. ELE, te ama para sempre e te beija a cada manhã, ELE O TEU PAI. Ficamos eternamente ao seu colo, guiadas pela sua luz.
Deixo no alto do céu um ramo de rosas brancas, para ELE.
Deixo-te muita força amiga, muita saudade e as minhas palavras de conforto, tens amigas e isso é uma vida.
Beijos e beijos
amália

AMÁLIA LOPES POEMAS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
AMÁLIA LOPES POEMAS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Veronica de Nazareth-Noic@ disse...

AmigAmada...

relendo esta maravilha também, partilhando da tua dor-saudade. E deixando mais um abraço apertado, com carinho e minha intenção de força e conforto. Estás no meu coração, amiga. E teu papi, nas minhas preces. Bjs

Anônimo disse...

Nossa.... quanta coisa linda.